Ideias fortes

Leonel Moura

Leonel Moura tem-se destacado internacionalmente com o seu trabalho com robótica e Inteligência Artificial aplicadas à arte. Desde o princípio do século criou vários robôs pintores. As primeiras pinturas realizadas em 2002 com um braço robótico foram capa da revista do MIT dedicada à Vida Artificial. RAP, criado em 2006 para o Museu de História Natural de Nova Iorque, faz desenhos de forma autónoma, decide quando a obra está pronta e assina.

Outras obras incluem instalações interativas, pinturas e esculturas de “enxame” e a peça RUR de Karel Capek, com 3 robôs atores, estreada em São Paulo em 2010. O Robotarium, inaugurado em 2007, descrito como um zoo para robôs, foi o primeiro do género no mundo.
Nos últimos anos Leonel Moura tem também produzido esculturas de grande dimensão em impressão 3D.

É autor de vários livros sobre Arte e Ciência.

Em 2009 foi nomeado Embaixador Europeu da Criatividade e Inovação pela Comissão Europeia.

Foi curador para a Conferência sobre Inteligência Artificial no âmbito do Geek Picnic Festival.

É artista convidado pelo Grand Palais para a exposição “Artistas e Robôs” que se realiza na Expo 20017 de Astana no Cazaquistão.